domingo, 20 de novembro de 2011

Pel Caç Nat 60 Guiné 68/74 - P110: A jovem Gazela.


Aniversário da Companhia de Caçadores 1801 .


Ingoré por do Sol:


1.º Cabo Caçador.
Manuel Seleiro,


Quartel de Ingoré:


Pelotão de Caçadores Nativos 60


3.ª Secção do Pelotão de caçadores nativos 60.

Saída do pelotão de Caçadores Nativos para mais uma coluna...

Guiné/S.Domingos/Ingoré…
68/74
Pelotão de Caçadores Nativos 60.
A jovem Gazela:
Decorria o ano de 69 abril…
Na estrada Ingoré Sedengal, havia um ponto de encontro.
Convém recordar que o Sedengal era um “destacamento”, que fazia parte da companhia de Caçadores” 1801 que estava no Quartel de Ingoré.
Aqui estava o 3.º Pelotão da CCAÇ 1801.
O Pel Caç Nat 60 estáva no Quartel de Ingoré, em auxílio á CCAÇ - 1801…
Todo o serviço era feito pelo pelotão 60, e o 1.º pelotão da 1801…
Uma vez que esta companhia estava reduzida a um pelotão:
E o 2.º pelotão que se encontrava no destacamento da Antotinha.
Como era norma nestes casos, eram feitas colunas duas vezes por semana…
Para transporte do “correio”, ou “géneros” ou sinples troca de informações.
Aqui comessa a História da “jovem” “gazela”.
Era um belo dia de abril, eram 10 horas da manhã, quando a coluna vinda de Ingoré chegou ao ponto de encontro.
Nesse dia a coluna que vinha do Sedengal, atrazou…
O pessoal do pelotão 60 ficou por ali…
Quando me encontrava junto a uma árvore, olhei na direção do mato porque algo me chamou a atenção…
Ali estáva ela com sua elegância, jovem e bela com seu pelo dourado, ondulando com a brísa daquele dia de abril.
Era jovem e teria de três a quatro meses…
Pensei tens de ser minha, custe o que custar.
Deichei a (G. 3 ) junto a uma árvore, e parti na sua perseguição… A primeira tentativa falhou…
Modei de estratégia, tentei ver donde vinha o vento…
Tentei a abordagem por traz e quando estava perto saltei sobre ela, mas em vão porque ela num lapso saltou como só as gazelas sabem fazer… Mais uma tentativa falhadda…
E a perseguição continuou uma, duas, três, quatro, cinco tentativas todas em vão…
A última chorei de raiva porque a minha linda gazela correu em direção ao interior da mata…
E agora ali estava eu perdido no meio da mata , triste e desorientado sem saber para onde devia caminhar…
Sim! Porque estava muito lonje do local donde estavam os meus camaradas.
Foi o ruído das viaturas, que me levou até junto deles…
Pelotão de Caçadores Nativos 60.
1.º - Cabo,
“CCAÇADOR”
Manuel Seleiro,
“DFA”
abril, de 69 dez da manhã .
Ingoré/Sedengal.